PREPARANDO O ESTICADOR DE LEPIDÓPTEROS


O esticador de lepidópteros é um item fácil de ser confeccionado.  Para isso voce pode utilizar partes de madeira como aquela usada em caixotes de frutas.  A maioria das madeiras irá exigir ferramentas de corte apropriadas, como um serrote.  Uma opção que facilita o trabalho é utilizar para isso a madeira conhecida como balsa, facilmente encontrada em lojas que vendam artigos para aeromodelismo.  Essa madeira, que é extremamente leve e macia, pode ser cortada usando-se régua e estilete, da mesma forma que se corta papel.

A balsa é normalmente encontrada nas lojas, em placas de diversas espessuras, mas de dimensões constantes, de modo que a imagem acima mostra as medidas que podem ser adotadas para confeccionar um esticador usando apenas uma placa de balsa em aproveitamento máximo.

Uma vez cortadas as partes de balsa, estas podem ser coladas usando-se cola branca ou mesmo cianocrilato, conforme o diagrama ao lado. As peças mais estreitas formam as travas verticais e as partes mais largas formam a superfície onde as asas dos insetos se apoiarão.  No espaço entre as travas verticais deve-se fixar uma tira de isopor de espessura suficiente para que o alfinete possa ser espetado, deixando as asas apoiadas nos planos horizontais.
O espaço entre os planos horizontais deve ser no mínimo 1cm.  Esse espaço é suficiente para acomodar insetos de porte pequeno e médio.  Para insetos maiores o espaço deve ser aumentado, sem deixar de observar que a largura das placas deve ser maior.

Não se deve deixar que as asas do inseto ultrapassem a superfície do esticador.  Tenha sempre diversos esticadores, de diferentes tamanhos, para acomodar insetos de tamanhos variados.

Sendo a balsa uma madeira muito macia, pode acontecer de muito rapidamente esta ficar saturada pelo uso, pois ao esticar um inseto, diversos alfinetes são aplicados e o acúmulo de furos pode com o tempo prejudicar a eficiência do serviço se estes forem pregados muito profundamente. Desse modo é adequado que seja usada uma madeira mais resistente, como o pinho, ficando a balsa como uma opção rápida.